sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

UMA DIFÍCIL TRAVESSIA


Nas fortalezas do litoral africano, homens, mulheres e crianças eram forçados a embarcar em navios pequenos e frágeis, conhecidos como navios negreiros. 

A viagem das praias da África Ocidental para o Brasil durava de 30 a 45 dias, conforme o lugar de partida e o de chegada. As condições de viagem eram péssimas, a comida era pouca e de má qualidade. As pipas de água também eram poucas, para não ocupar lugar no navio. Assim, cada escravo recebia apenas um copo a cada dois dias. Alguns bebiam água do mar e adoeciam.

Os africanos chegavam ao litoral brasileiro cansados e confusos, sem saber onde estavam.

Um homem adulto valia o dobro de uma mulher e, geralmente, três vezes mais que uma criança ou um idoso.

Nenhum comentário: