domingo, 29 de setembro de 2013

A FAMÍLIA REAL NO BRASIL: ATIVIDADE


Acesse o link http://www.suapesquisa.com/historiadobrasil/vinda_familia_real.htm para responder as questões do 1 até o 5.

1- Por que o príncipe regente de Portugal, D. João, resolveu transferir a corte portuguesa para o Brasil?



2- Como a abertura dos portos às nações amigas favoreceu à Inglaterra?

3- Quais as principais medidas econômicas tomadas por D.João?

4- Por que do ponto de vista cultural o Brasil também saiu ganhando com algumas medidas tomadas por D.João?

5- Por que D. João teve de voltar para Portugal e quem ele deixou aqui em seu lugar?


a) Quem e quando criou o Banco do Brasil?

b) Quando chegou ao fim a primeira fase do Banco do Brasil?

c) Quem foi Irineu Evangelista de Souza e o que ele lançou, de acordo com o texto?

d) Qual foi a primeira fusão bancária da história brasileira?

GUERRA NO ORIENTE MÉDIO



Sabemos que os judeus foram expulsos da Palestina ainda durante o domínio exercido pelo Império Romano. No século VII, os árabes muçulmanos conquistaram muitas terras no Oriente Médio, inclusive a Palestina. Espalhados pelo mundo, os judeus sofreram várias perseguições ao longo da História. Com o fim da Primeira Guerra Mundial e o desmembramento do Império Turco, as terras do Oriente Médio passaram a ser administradas pela Inglaterra e pela França.

Terminada a Segunda Guerra Mundial, a Grã-Bretanha anunciou que em breve retiraria suas tropas da Palestina. Diante disso, em 1947 a Assembleia Geral da ONU, aprovou a partilha da Palestina em dois estados: um judeu e outro árabe.

Em 14 de maio de 1948, os judeus, fundaram o Estado de Israel, que foi imediatamente reconhecido pelos EUA. Considerando-se injustiçados, os países árabes reagiram à criação do Estado de Israel atacando-o militarmente. valendo-se da ajuda vinda do exterior venceu a guerra, ocupando boa parte do território  reservado  aos árabes  no plano de partilha da ONU. 

Desde então, o Oriente Médio tornou-se palco de consecultivas guerras entre judeus e árabes. Tais guerras ocorreram no contexto da Guerra Fria com os judeus sendo ajudado pelos EUA e os Palestinos pela URSS.

Depois de ler esse texto responda as questões a seguir. Responda nos comentários dessa atividade. Não esqueça de pôr  na resposta seu nome e a turma. Em sua identidade clique em anônimo.

1- O que voçê entendeu do texto?

2- Se você fosse um juiz a quem você daria razão nos conflitos árabes-israelenses? Aos israelenses ou aos palestinos? Por quê?

a) O que é uma intifada?
b- Quando e como surgiram as intifadas?

4- Em sua opinião, qual a solução dos conflitos do Oriente Médio?


domingo, 22 de setembro de 2013

ATIVIDADE PARA OS 9°ANOS


1- Copie e preenche as tabelas a seguir


CONFERÊNCIAS
QUANDO ?
ONDE?
PRINCIPAIS DECISÕES
Yalta
Potsdam



CONFLITO
QUANDO?
ONDE?
POR QUÊ?
Guerra do Vietnã
Guerra da Coréia
Crise dos mísseis
Guerra do Afeganistão
Guerra do Yom Kippur
Guerra da Árgelia

2-

ATIVIDADE PARA OS OITAVOS ANOS

Leiam o texto no link http://www.suapesquisa.com/historia/independencia_america_espanhola.htm
 e responda as questões a seguir.
1- Quando e porque começou a brotar um movimento de resistência nas colônias espanholas?
2- Quem eram os criollos?
3- Qual o principal objetivo dos criollos com  a independência da América espanhola?
4- Por que o  processo de independência ganhou força no começo do século XIX?
5- Por que o processo de independência da América espanhola foi violento?
6-  Os novos países independentes se tornaram uma República. Pesquise o que é uma República.
7- Quais os principais líderes do processo de independência da América espanhola?
8- Cite três consequências desse processo.

domingo, 8 de setembro de 2013

PROJETO O INDIVÍDUO E A HISTÓRIA

AULA 2; POLÍTICA, MORAL E ÉTICA

Na aula anterior definimos o que é contexto histórico e esclarecemos que nós podemos intervir no nosso contexto. Na verdade,  o que estudamos em História são exemplos de intervenções que as pessoas fazem no meio em que vive. Independente do status em que os indivíduos ocupam na sociedade, todos fazem essas intervenções. O grande erro do estudo da história é que ela relata, na maioria das vezes, intervenções feitas pelos homens mais importantes de cada sociedade como se o contexto histórico fosse formado apenas por eles. 

No entanto, o ponto principal dessa aula é explicar aos alunos que não podemos  realizar qualquer tipo de intervenção. As intervenções devem ser pautadas em princípios como ética e moral. 

É importante salientar que todos nós somos políticos a partir do momento em que a todo instante estamos tomando decisões e defendendo nossos pontos de vista. Em seguida esclarecer os conceitos de moral e ética. 

A ética é o estudo do comportamento humano em sociedade e a moral é como o comportamento se mostra na prática, no cotidiano. Esse tema dá possibilidade de discutir a corrupção, enquanto qualquer comportamento que corrompe, transgride as normas sociais. Corrupção não é praticado apenas por aqueles que possuem algum cargo público, todos nós no nosso cotidiano podemos ser corruptos.

A aula é encerrada com o professor afirmando que toda intervenção a ser feita deve ser pautada na  ética, para que não prejudique a nenhuma outra pessoa. Toda intervenção que prejudique o outro, ela é mal sucedida e deve ser evitada para que possamos construir uma sociedade cada vez melhor.