domingo, 15 de junho de 2014

ONDE ESTÁ A AMÉRICA E QUEM SÃO AMERICANOS?


        Algumas expressões são capazes de nos deixar confusos se já não estivéssemos acostumados com elas. Por que geralmente a palavra "América" é empregada para se referir único e exclusivamente aos Estados Unidos e a palavra "americanos" aos estadunidenses? 
       É indiscutível que todas as pessoas que nascem no continente americano são americanos e a América é um continente que reúne 35 países e 18 dependências. Por que então anula-se tudo isso em detrimento de um único país e uma única nacionalidade?
       Pode-se explicar toda essa confusão pela extrema capacidade que os Estados Unidos tiveram de influenciar ideologicamente principalmente a América. A expressão "a América para os americanos" foi cunhada ainda no século XIX e demonstrava o interesse do então presidente daquele país em controlar todo o continente (A chamada Doutrina Monroe foi anunciada pelo presidente James Monroe, presidente de  1817 a 1825, em sua mensagem ao Congresso em 2 de dezembro de 1823). A palavra "americanos" já se referia aí aos estadunidenses. 
       A política econômica e militar dos EUA ao longo de todo o século XX reafirmou claramente tal intenção e o imperialismo cultural tratou de fazer uma lavagem celebral, ao sorateiramente divulgar os EUA como um exemplo que deveria ser seguido em tudo. A propaganda e ilusão da superioridade de um só país que acaba por levar as pessoas a tê-lo como representante legal de todo o continente.

Nenhum comentário: